ESPORTES
Triathlon
Ironman
Corrida
  EDITAL
Butenas
Notícias
Serviços
Coluna do leitor
  SERVIÇOS
Academias
Treinos
Links
Nossa História
Parceiros
Colaboradores
Federações
Galeria de imagens
Galeria de imagens
[Total de 2 imagens]

BUTENAS
IMPORTÂNCIA DO USO DE REFERÊNCIAS DE FREQUÊNCIA CARDÍACA
PARA OTIMIZAR O DESEMPENHO DE PROVAS LONGAS

Por quantas vezes você já não ouviu um comentário do tipo: “Poxa , eu treinei tanto para esta prova e não sei porque acabei quebrando e sofri muito para conseguir chegar”.

Este é o típico comentário daquele atleta auto-didata ou do atleta mau orientado.

Com a facilidade cada dia maior de se realizar testes de mensuração de níveis de lactato e consumo de oxigênio durante o esforço, testes tanto de campo como laboratoriais, tornou-se fácil diminuir os riscos de insucesso no estabelecimento de objetivos de tempo determinado, na performance em eventos de longa duração tais como maratonas e triathlons como o IRONMAN.

O que isto quer dizer?

Com a determinação dos limiares de trabalho ( L1 e L2 ) o atleta correlaciona estes valores com freqüência cardíaca e até ritmo de trabalho em KM/h ou Min/km .

À partir daí o técnico usará os princípios de treinamento para elaborar a periodização e determinar em cada treino as freqüências ou ritmos de trabalho. Existe assim uma meta que de acordo com a avaliação dos resultados dos testes pode ser estabelecida.

EXEMPLO : Resultados de teste ergoespirométrico realizado em esteira:

FCL1 : 150 bpm Ritmo L1 : 15 km /h
FCL2 : 167bpm Ritmo L2 : 17 km /h

Utilizando-se de monitor cardíaco para realização dos treinos o atleta começa a se familiarizar com as freqüências de trabalho assim como os ritmos reais que diferem do ritmo estabelecido no teste devido aos fatores de tempo curto de cada estágio na realização do teste , e o atrito e a resistência do meio ambiente que são diminuídos no ambiente laboratorial.

De acordo com o nível de aptidão de cada atleta, o treinador pode determinar objetivos mais desafiadores ou não. Voltando ao exemplo anterior, nosso atleta estabeleceu junto com seu treinador o objetivo de completar sua maratona alvo com o tempo de 2h48min, que de acordo com seu teste determina um ritmo de 15km/h ou 4min/km , referentes ao seu L1. Um ritmo possível desde que o treino seja efetivo e a periodização bem estruturada. Fatores do meio ambiente tais como temperatura, percurso e vento podem influenciar neste resultado, e assim é melhor ser estabelecido um objetivo de faixa de tempo com segurança de 5 minutos para cima ou 5 minutos para baixo do tempo determinado. No nosso exemplo um ótimo resultado estaria na faixa entre 2h43min e 2h53min.

Então chegamos a conclusão que: TREINAMENTO DESPORTIVO É UMA CIÊNCIA QUE É REGIDA POR DIVERSAS LEIS, AS QUAIS SENDO OBEDECIDAS LEVAM À OBTENÇÃO DO MELHOR RESULTADO E PELO CAMINHO MAIS DIRETO.

  • Prof. Marcello Butenas Formado pela Escola de Educação Física da USP no ano de 1988.
  • Especializado na área de Treinamento Desportivo e Preparação Física .
  • Coordenador e palestrante de Cursos e Clínicas de Treinamento Desportivo ligadas á prática do triathlon.
  • Técnico responsável pela Butenas Assessoria Esportiva. Personal Trainer.
  • email: butenas@uol.com.br


Clique aqui para visualizar o conteúdo do site antigo.
Copyright © TotalSport 2017