Email de Carlos Augusto Paiva L Conceicao para Luiz Wanderley Tavares, sobre o Ironman da Europa, realizado em Quelle - Alemanha  - no dia 9 de julho de 2000.

----- Original Message -----
From: Carlos Augusto Paiva L Conceicao
To: Luiz Wanderley Tavares
Sent: Thursday, July 20, 2000 9:01 AM
Subject: IronMan

Luiz,

Foi uma grande competição. Mais de 2.750 atletas. Na sua categoria 30-34 tinham 667 atletas e na minha 35-39 tinham 609. Você viu que na sua categoria o primeiro fechou com quase 08:50 hs e na minha com 09:00 hs.

No ciclismo rola muito pelotão. É inevitável com o número de atletas, mas também existem muitas penalizações. Porem a minoria é penalizada. Em cada vilarejo que passamos, são cerca de cinco em cada volta, o público torce em massa e falam o seu nome. É muito legal e você esquece que esta fazendo um IRON.

Foi uma prova dura, com muito frio, chuva e muito vento na segunda volta. A corrida não é totalmente plana como falam. Eu terminei o Iron bem, mas senti muito frio na água e sai com princípio de hipotermia, não sentia as pernas. Cai duas vezes, não conseguia ficar de pé. Não tenho muita resistência em águas frias.

Sai para pedalar tremendo como uma vara verde e todo tenso. Após vinte quilômetros o frio foi passando, mas minha lombar que já não é muito boa "apitou" como nunca e não conseguia impor um ritmo forte como sempre tento fazer. Com a lombar doendo muito e o frio castigando parei e pensei. "Ou abandono o Iron ou esqueço tempo e vaga para o Havaí". Resolvi "tirar o pé" e tentar terminar, já que eu tinha feito tanto sacrifício para chegar na Alemanha.

Deixei a prova desenrolar. No pedal quando você não esta bem não é um, dois ou três que te passam, são vários pelotões de mais de trinta atletas, sem exagero. Sai para correr bem com um pouco de dor lombar, porem passei muita gente.

Terminei bem a prova. Fui o segundo melhor brasileiro, porem pior do que os dois primeiros Iron que já havia feito. O "Velhinho" de Niterói foi o primeiro brasileiro conseguindo o terceiro lugar na categoria 50-54 e vaga para o Havaí.

Bem foi isto. É uma grande competição.

Abraços

Carlos Paiva.